domingo, 29 de julho de 2012

O GRANDE ESPÍRITO E OS QUATRO ELEMENTOS - *SNOW* (Estrela de Maria) - 19.07.2012 - Autres Dimensions


"O que está chegando, nós, índios, nós o chamamos de despertar do Grande Espírito, marcado pelo despertar da Terra, pelo canto da Fênix que assinala o fim do esquecimento. Os elementos são os Cavalos do Grande Espírito e, eles também, eles entoam agora, na Terra, o fim do esquecimento. Estes Cavalos, desde algum tempo e especialmente desde que os tambores da Terra soaram, foram postos em movimento. Vocês os nomeiam, aliás, no Ocidente, os 4 Cavaleiros do Apocalipse."

Meu nome é SNOW.
Eu estou em alegria em vir falar com vocês.
Eu venho lhes contar uma história.
Esta história está ligada, profundamente, à história do meu povo, ao que eu era, em uma encarnação, há algum tempo, sobre esta Terra.
Meu povo (como muitos povos que não sofreram, de forma tão dramática, ao menos nesta época, o esquecimento que é aquele do ocidental), como o conjunto dos povos nativos, nós sabíamos, há ainda algum tempo, guardar a Comunhão com o Grande Espírito e com os seus elementos.

terça-feira, 24 de julho de 2012

MA ANANDA MOYI Estrela de Maria - 21 de julho de 2012 - AutresDimensions



Eu sou MA ANANDA MOYI, Irmãos e Irmãs encarnados, eu vos dou as minhas bênçãos.

Eu vou falar livremente, segundo o que eu vivi, estando encarnada, e tentar vos fazer viver, e para além disso, fazer ressoar, em vocês, o Amor, a graça e a Vida.

A Vida, onde quer que ela esteja, é Amor. Não poderia existir a mínima vida sem Amor e, no entanto, na superfície desta Terra, o que é dado a ver é tudo menos o Amor, pelo menos na aparência.

Muitos elementos entre Irmãos e Irmãs, entre nações, entre grupos não parecem, à primeira vista, exprimir o amor. E, no entanto, aqui como noutros lugares, nós somos Amor.

Então, como tentar compreender, apreender, como o que é observado não reflete e não exprime a Vida e o Amor.

A guerra, qualquer que ela seja, entre dois seres, duas nações ou dois grupos, visa, à priori, destruir a vida, nega-la.
E, no entanto, isso não muda estritamente nada ao que nós somos: Amor.

OMRAAM (Aïvanhov) - 22 de Julho de 2012 - AutresDimensions




Bem, queridos amigos, estou extremamente contente em encontrá-los. Então eu lhes deixo a palavra.


Pergunta: qual é a evolução das intervenções das quintas-feiras às 22 horas, do Manto Azul da Graça (nota: ver “Acompanhamentos/ Acolhimento do Manto Azul da Graça")?

No que concerne ao Manto Azul da Graça, MARIA lhes disse que era a última sessão (em 19 de julho).

Mas nada os impede, vocês, enquanto humanos, de decidir realizá-lo.
Vocês se beneficiaram, é claro, do Manto Azul da Graça, mas eu os lembro de que vocês podem beneficiar-se dele a qualquer momento.
Da mesma maneira que, quando o Canal Mariano está constituído, vocês chamam MARIA, MIGUEL, vocês não têm necessidade de estarem reunidos, de estarem em grupo. 
A única coisa que se perpetua, eu diria, durante estes tempos, é o que é nomeado as Radiâncias dos Arcanjos, que eu os lembro, não estão mais em Conclave, mas trabalham em Alinhamento sobre o Canal do Éter e sobre a possibilidade então, de ligar, de algum modo, de fazer Comungar, em vocês, o Manto Azul da Graça e a Onda da Vida, o Supramental e o Chakra do Coração ou a Coroa Radiante do Coração ( ver “Acompanhamentos/ Radiância Arcangélica) (*)
Então, o Manto Azul da Graça, tem trabalhado e é para vocês se beneficiarem dos efeitos. 

segunda-feira, 23 de julho de 2012

IRMÃO K - 20 de julho de 2012 - AutresDimensions


 Meu nome é IRMÃO K. Irmãos e Irmãs, estabeleçamo-nos na Comunhão.

... Partilhando a doação da Graça ...

Eu venho a vocês, neste dia, para tentar exprimir o que é, a priori, complexo, mas espero que através da nossa Comunhão, as Vibrações e as palavras que vou empregar, permitirão simplificar. Iremos abordar o tema da não-percepção, levando, como sempre, de início, a definir o que é a percepção e em qual quadro ela se inscreve, em relação à consciência e em relação à vida tal como vocês a conhecem e tal como ela é.

A consciência em encarnação, qualquer que ela seja, baseia-se na experiência de sua própria percepção, ela se baseia sobre um certo número de elementos que lhe permitem interagir, de forma permanente, com si mesma e com o conjunto de viventes sobre este mundo.  A consciência vai então apresentar um certo número de atributos que vão resultar em  um certo número de eixos, mais ou menos presentes, mais ou menos importantes.

O primeiro desses eixos concerne à concepção, e entendo por concepção tudo o que pode ser um modo de interação, no sentido amplo, e que é oriundo diretamente dos mecanismos do pensamento, dos mecanismos de adesão às crenças assim como do conjunto das experiências da encarnação tendo imprimido, no ser, um certo número de elementos. Vem em seguida a percepção. A percepção é a capacidade da consciência de receber e emitir um certo número de elementos lhe permitindo, através dos sentidos, e para alguns, além dos sentidos, receber um certo número de sinais que vão, de maneira inelutável, encontrar-se em interação, em um primeiro momento, com a percepção ela mesma, a concepção e a percepção então em interação.

RAM - 21 de Julho de 2012 - AutresDimensions




Eu sou RAM.
Eu tenho a Alegria e o privilégio de estar com vocês, neste instante.
Eu lhes transmito esta Alegria: esta ressonância particular que, eu o espero, nós iremos iniciar juntos, aqui e por toda parte.
Desde alguns anos, eu vinha a vocês, exprimindo-me pelas palavras, pela Vibração e pelo silêncio.
O silêncio que, àquela época, não tinha a mesma textura que o que é possível, ou será possível, para vocês, dentro de pouco tempo.
Eu vou, hoje, prosseguir, da mesma maneira.
O silêncio em questão, hoje, é, muito mais, não simplesmente um silêncio das palavras ou de qualquer outra coisa que seja conhecida de vocês, mas, sim, o silêncio relativo à Ausência.
Este estado, além de todo estado, onde não existe mais o sentido, onde não existe mais a Presença e onde se instala, de algum modo, uma ressonância, de vocês para mim e de mim para vocês.
Ressonâncias que, quando elas são sincrônicas, culminam nesta Ausência.
Eu vou tentar fazê-los apreender e viver, através das palavras, das Vibrações e, naturalmente, do silêncio da Ausência, alguns elementos a viver, falando mais precisamente sobre o Ser e o não-Ser.

... Silêncio da Ausência ...

NO EYES Estrela de Maria - 20.07.2012 - AutresDimensions




Eu sou NO EYES, e eu lhes apresento a Minha Graça, e eu acolho a sua. 
Venho falar-lhe da minha experiência, aquela da minha última presença sobre a Terra, para tentar fazê-los apreender um mecanismo preciso concernente ao fato de ver e ao fato de olhar.

Ver, consiste em voltar seus olhos ou a sua atenção para o que deseja ser percebido e que vai portanto ser recebido. 
O ver, na encarnação, depende dos olhos. 
O ver, no invisível, em encarnação, depende do terceiro olho. 
Existe , como vocês o sabem, a Visão Etérica, que dá a ver o que está subjacente ao visível (mas que não é o Astral).
E então, existe, como foi explicado para vocês, a Visão do Coração. A Visão do Coração é uma expressão, mas a Visão do Coração está além de todo olhar e além de todo ver. 
Isto corresponde ao que os Arcanjos repetiram com frequência a vocês, os Anciãos e nós mesmas, as Estrelas: tudo está no Interior de vocês. 

Hildegarde de Bingen 21 de julho de 2012 - AUTRES DIMENSIONS






Irmãos e Irmãs, eu sou HILDEGARDE. 
E permitam-me estar em seu Coração, permitam-me estar ao seu lado, como eu lhes peço para estar em meu Coração e ao meu lado. 
Pela graça de nossa Comunhão, nós vamos evocar, bem além das poucas palavras que eu vou pronunciar, a graça do Amor. 
A graça do Amor não está em grandes discursos. 
A graça do Amor não é simplesmente fazer o bem, ou estar bem. 
A graça do amor é não mais ser dependente do que quer que seja. 
É não ser mais nada aqui, ser o menor dentre todos, a fim de ter acesso a Tudo. 
É tornar-se inteiramente, a Luz: o que nós somos. 
É ser cada um de vocês, não se ater a si mesmo mais do que aquele que está na frente, aquele que se opõe, aquele que chora como aquele que ama. 
Portanto, a graça do Amor se vive, aqui e em toda parte. 
É não mais estar apegado a este corpo, mas ser todos os corpos. 
É não mais ser esta alma, mas ser todas as almas. 
É não mais ser um espírito em um corpo, mas ser todos os espíritos em todos os corpos. 

domingo, 22 de julho de 2012

BIDI - 20 de julho de 2012 - AutresDimensions



Bem, BIDI está com vocês. E ele vos saúda. Nós vamos, portanto, trocar impressões.

Pergunta: Poderia dar-me a frase a formular para refutar o meu apego ao meu marido do qual eu estou separada? Eu sei que é o medo do abandono, que eu quero ultrapassar.
Não é uma frase que refuta: é o ato. Qualquer que seja a frase, ela te pertence. Eu não posso, portanto, dar-te a frase.

O ato de refutar não tem o que fazer das palavras ou da formulação. Não é uma afirmação mas antes a consciência e o mental que se levam à própria refutação.

As palavras não têm nenhum sentido. Nenhuma palavra te fará ultrapassar o medo do abandono: é a consciência da refutação que agirá.

UM AMIGO - 18 de Julho de 2012 - AutresDimensions




Eu sou UM AMIGO.
Do meu Coração ao seu Coração, a Paz e o Amor.
Eu vou tentar fazê-los apreender-se (além do mental, além mesmo de qualquer compreensão, além de qualquer explicação) dos mecanismos Vibratórios sobre os quais eu falei longamente, através dos diferentes Yogas que eu dei a vocês.
Nós iremos nos colocar, se vocês bem o quiserem, diretamente, no lugar de um observador que observaria os processos ocorrendo sobre este mundo, como sobre o ser humano.
A conclusão do que eu vou lhes dizer, tem-se em uma frase: o que chega sempre esteve presente.

Coloquemo-nos, portanto, naquele que olha a Terra, os humanos, e ele veria (com um olhar exterior) os seres viventes, agindo.
Atuando em seu meio, no seu ambiente, de diferentes maneiras.
Ele observaria também as interações, por vezes suaves, por vezes violentas, por vezes arbitradas pela Paz, arbitradas na guerra, entre grupos, efetuando-se em diferentes locais nomeados países.
O conjunto destes seres viventes e o conjunto desta Terra formariam um vasto todo, possuindo suas próprias regras, seu próprio funcionamento.
Às vezes, alguns seres humanos até se colocariam a questão do sentido da sua existência e tentariam encontrar, através do que se impõe espontaneamente à sua mente, uma lógica própria do que acontece neste mundo onde eles estão imersos.

Se vocês mantiverem esse olhar do observador exterior ao que se desenrola, a um dado momento, vocês se apercebem de que um processo novo está chegando.
Vocês o veem, como chegando do exterior deste mundo, como da própria Terra, mas também do Interior daqueles que vivem sobre este Planeta.
O que chega sobre esta Terra é suficientemente importante para que haja, efetivamente, uma interrogação profunda dos seres viventes, por toda parte em que estejam sobre este Planeta.
Especialmente quando o mesmo processo novo, vindo do exterior, visível para vocês, aí onde vocês estão, concerne também ao que é visível, para vocês, daí onde vocês estão, também, em cada ser vivo.
Haveria, portanto, uma espécie de simultaneidade do que vocês observariam, vindo modificar um sistema, e os seres viventes em meio a este sistema.
A concomitância do que se desenrola aos seus olhos exteriores, colocados como observador deste mundo, aparece-lhes como uma iluminação nova, como algo que torna a vida diferente.
Vocês veem uma iluminação, vocês veem algo que muda de amplitude, que muda de frequência, de Vibração, vindo, em todo caso, transformar o equilíbrio, aparentemente presente, neste sistema vivente, e no conjunto dos viventes que ali estão.

sábado, 21 de julho de 2012

OMRAAM (Aïvanhov) - 17 de julho de 2012 - AutresDimensions



Bem, caros amigos, eu estou extremamente contente em vos reencontrar. Eu vos transmito todas as minhas bênçãos.

Pergunta: Por que, assim que fecho os olhos, eu me encontro imersa nos sentimentos da minha infância, antes dos 7 anos (os odores das flores nas pradarias, por exemplo)?

De acordo com o que disse BIDI, tens mais do que 4 anos para recuar (ndr: ver a intervenção de BIDI-1 de 13 de julho 2012), e é bom. Tu não estás de fato na idade certa, de acordo com o que ele disse, é preciso rejuvenescer ainda. Não, mais seriamente, independentemente de tudo o que dizem MARIA e os Arcanjos, nós também (ndr: os Anciãos), vocês vivem coisas particulares, não é?

A vossa consciência faz o ioiô, não é mais a yoyotagem do tufo, é a yoyotagem da consciência: ela passa de um estado ao outro, e vos dá a viver coisas inabituais.

Então, certamente, a ação do Manto Azul da Graça, a ação da Onda da Vida, como vocês sabem, vem fazer cócegas nos dois primeiros chacras, e é o lugar onde se encontram também as memórias. Isso não quer dizer que é negativo ou positivo.

Isso pode estar também ligado ao trabalho que vos pediu BIDI, sobre a Refutação. Se for isso, é preciso que as tuas recordações recuem no tempo. Então, pede à tua consciência para te rejuvenescer. Agora, como tu dizes, são as flores na pradaria, é agradável, mas isso não serve de grande coisa, portanto, há necessariamente qualquer coisa que deve servir, não é?

GEMMA GALGANI 18-07-12 - AUTRES DIMENSIONS







Eu sou GEMMA GALGANI.

Irmãs e Irmãos na humanidade, recebam Graças e Bênçãos.

Eu me apresento, a vocês, enquanto aquela que trabalhou, de maneira mais próxima, no Manto Azul da Graça.

Eu me instalo com vocês, aqui, para tentar comunicar-lhes, pelas palavras e pela minha Presença, o que ocorre (ou irá ocorrer) no Manto da Graça.

O Manto da Graça vem após a Liberação da Terra, a Fusão dos Éteres, e o nascimento da Onda da Vida, assim como o trabalho que as minhas Irmãs Estrelas, e vocês mesmos, realizaram durante essas semanas que passaram.

A ação do Manto Azul da Graça, desde já, permite, para muitos de vocês, viver a realidade do Canal Mariano.

O Manto Azul da Graça, como MARIA lhes disse, assenta-se sobre os seus ombros.

Além da sua percepção, é importante, sobretudo, viver os efeitos.

O que foi colocado, sobre vocês, nada mais é do que o Amor que vocês São, nada mais é do que a Verdade que vocês São.

URIEL -17-07-12 - AUTRES DIMENSIONS





Eu sou Uriel, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão.

Filhos da Liberdade, de Presença à Presença, em Comunhão e em Fusão, minha Presença em sua Presença, sua Presença em minha Presença, de Ser a Ser, onde não existe nenhum espaço privando a Liberdade, alem do Éter e em Eternidade, dando-nos a viver a ressonância da União, a ressonância da Comunhão.

Ser e não Ser, aqui ou ali, eu ou vocês, vocês e eu.

Dançando o Som da Verdade, o Som da Eternidade.

Dando-lhes a viver, além de toda vida, o conjunto das possibilidades, realizadas ou não realizadas.

Ser ou não Ser, aqui ou ali, na ressonância do Amor, em meio à Liberdade, conferindo Presença além de sua Presença, dando Presença além de minha Presença, além de qualquer presença.

SNOW (PLUMA BRANCA) - 19 de julho de 2012 - AUTRES DIMENSIONS






Meu nome é Snow. 
Eu estou em alegria em vir falar com vocês. 
Eu venho lhes contar uma história. 
Esta história está ligada, profundamente, à história do meu povo, ao que eu era, em uma encarnação, há algum tempo, sobre esta Terra. 
Meu povo (como muitos povos que não sofreram, de forma tão dramática, ao menos nesta época, o esquecimento que é aquele do ocidental), como o conjunto dos povos nativos, nós sabíamos, há ainda algum tempo, guardar a Comunhão com o Grande Espírito e com os seus elementos. 
Porque os elementos da Terra, que nos constituem a todos, quando nós estamos aqui presentes sobre este mundo, são os Cavalos do Grande Espírito.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Amada e Divina MARIA - 19 de Julho de 2012 - AutresDimensions (com áudio)



 Eu sou MARIA, Rainha dos Céus e da Terra.
Filhos bem amados, eu estou de novo com vocês, em vocês e ao redor de vocês, envolvendo-os na minha Presença, a nossa Comunhão, dando-lhes a perceber, além da minha Humilde Presença, a ação da nossa Comunhão.
O Som da Graça, talvez, tintile nos seus ouvidos.
Neste dia, verte-se, na totalidade, sobre esta Terra como no corpo no qual vocês estão, o Manto Azul da Graça.
Eu venho para responder às suas perguntas, mas, antes, permitam-me dizer algumas palavras a vocês:


Lembrem-se do que foi dito desde mais de dois mil anos.
Há, em vocês, a Eternidade.
Este corpo que vocês habitam pertence à Terra: ele foi modelado desta Terra.
O seu Reino não é deste mundo.
Muitos de vocês, nesses tempos particulares, despertam ao que vocês São, por diferentes mecanismos que são para viver.
Lembrem-se também de que o que vocês São é Amor e que este corpo no que vocês Estão não pode pretender conhecer a realidade do Amor.
Ele apenas pode conhecer as projeções, as faltas, as emoções, as afeições.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

COLETÂNEA: O FIM DOS TEMPOS É PARA AGORA - AUTRES DIMENSIONS



imagem do site minhamestria.blogspot.com

Nós estamos, doravante, no quarto ano, que vai iniciar, desde as Núpcias Celestes, instalando, durante o período até o seu mês de julho deste ano, a maior probabilidade do seu momento coletivo.
Então, estejam na Alegria.
Mas estejam totalmente Presentes a vocês mesmos.
Estejam totalmente Presentes à Luz.

Maria - 31 de dezembro de  2011

Questão: vocês falaram de uma possibilidade de prorrogação até o primeiro trimestre de 2012.
Isso depende.
Como sabem, é a Terra que decide.
Mas, no último limite, há os ciclos astronômicos, isso vocês não podem cortar dali.
Portanto, há um limite, há datas limites, mas como qualquer data limite, ela pode ser estendida.
Um trimestre é nada, depois de 50.000 anos, não é?
O.M. AÏVANHOV – 14 de maio de 2011

Coletânea - 132 dias - Autres Dimensions



imagem desenvolvida por Zulma Peixinho

Essas cinco etapas Vibratórias, correspondendo à ativação das novas Portas, das novas Estrelas (revelação dessas Portas e dessas Estrelas), devem ver a realização da Semeadura Metatrônica correspondente ao Logos Solar CRISTO-MIGUEL, ao qual irá se unir METATRON a fim de entregar os Novos Códigos de Vida.
Estes são, evidentemente, as frequências Vibratórias que permitem um outro desdobramento da Luz.
Possibilitando, também, estabelecer a Nova Fundação de Vida, não mais ao nível do que vocês denominavam 1º chakra (ou chakra raiz), mas sim ao nível da Nova Fundação, chamada de Vibração OD, chamada, também, de Porta Estreita.

O estabelecimento da Nova Vida necessita, então, da adição, uma vez o Coração reencontrado, na totalidade, das Novas Chaves e das Novas Funções de Vida em meio aos Novos Corpos, chamados de Corpos de Estado de Ser.
Isso se refere a certo número de seres humanos, algumas Consciências aptas a Veicular esses Códigos, a Semeá-los, a fazê-los proliferar, a fim de povoar suas Dimensões de destino, assim como os Universos e os Multiversos.
Isso será realizado de maneira concomitante com o Anúncio de MARIA, do qual irão decorrer  132 dias  de formação Vibratória.
Ainda não chegou o momento de revelar-lhes isto, porque não se trata, com certeza, de uma revelação intelectual, mas Vibratória.
ANAEL – 13 de novembro de 2011

MA ANANDA MOYI Estrela de Maria - 16 de julho de 2012 - AutresDimensions (com áudio)




Eu sou MA ANANDA MOYI.

Irmãs e Irmãos, permitam-me apresentar-me a vocês, ao vosso lado, e de viver um momento de Comunhão e de Graça, antes que eu exprima o que eu tenho a dizer, a declarar, a vos dar.

… Partilhamento do Dom da Graça …

Eu vou vos expor os elementos que se seguem, enquanto Estrela AL, ao que eu dei relativamente às Reversões da alma, que se afastam da Atração e da Visão para se voltarem para o Alfa e o Ômega, para o sentido da sua origem, o sentido da sua Eternidade, a fim de revelar, talvez, os últimos mecanismos que estão a ser trabalhados em vocês, neste momento, que por vezes podem vos agitar, que por vezes podem representar desafios.

O que se passa neste momento é muito exatamente o que MARIA vos repetiu, numerosas vezes, assim como outras Irmãs: é a escolha entre o medo e o Amor.

A Alma, presente neste mundo, foi modificada, foi atraída, foi levada a colocar um olhar exterior, um olhar distanciado, onde cada ponto de vista fazia referência a uma identidade própria, a uma compartimentação, a um confinamento. Esta alma viveu, para muitos de vocês, múltiplos Basculamentos, múltiplas Reversões.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

PHILIPPE DE LYON 16 dejulhode2012. - AUTRES DIMENSIONS







Eu sou o Mestre PHILIPPE DE LYON.

Irmãos e Irmãs em CRISTO, Bênçãos e Amor.
Eu me expresso, como Melquisedeque da Terra, pois é nesta Terra, aí onde vocês estão presentes, que se vive o Encontro com quem vocês São.

Vou tentar expressar o que é a Vida em CRISTO, muito além do que poderia ser escrito, mas sim como um ideal: o ideal de perfeição, de Amor, que não é para seguir como uma imagem ou um ídolo, mas sim para Ser, quer seja Desposando-o (como as Estrelas lhes disseram), quer seja imitando-o, seguindo seus passos (sem o seguir), exteriormente, através de uma ideologia ou de uma crença.
Ou seja, tornar-se a si mesmo, o Caminho, a Verdade e a Vida.

Ser o Alfa e o Ômega, não mais estar limitado ao que cai sob os sentidos, mas sim transcender o que vocês são, aí onde vocês estão, e descobrir este último Amor, Absoluto e Eterno, levando-os a Estar, além de toda crença.

Vida em CRISTO é tornar-se um Coração ardente, um coração Transparente, que não precisa mais fixar-se em si mesmo quadros, limites, que não precisa mais justificar-se, como pessoa, como a vida.

SRI AUROBINDO - 15 de Julho de 2012 - AutresDimensions




Eu sou SRI AUROBINDO.
Irmãos e Irmãs na humanidade, que a minha Luz Azul preencha a sua presença neste espaço.
Eu estou com vocês, enquanto Melquizedeque do Ar, para falar-lhes do Fogo do Amor.
Eu irei situar este Fogo do Amor em relação a dois períodos: aquele (muito distante) em que eu fui nomeado, pelo CRISTO, “João o Bem Amado”, e aquele durante a minha última encarnação como SRI AUROBINDO.


Há muito exatamente três anos, eu dei a vocês uma série de elementos referentes ao Apocalipse, esse livro do qual nada pode ser retirado e nada pode ser acrescentado, que várias pessoas buscaram compreender o que aquilo significava.
O conjunto das descrições que eu levava, então, para vocês, hoje, parece-lhes como transcorrendo durante um tempo determinado, um tempo medido, de outro ponto de vista, por outros profetas à época, e nomeado: dois tempos, um tempo, a metade de um tempo.
 Eu lhes disse, há três anos, que a leitura do Apocalipse era Vibratória, antes de qualquer coisa, antes de qualquer significado, antes de qualquer desenrolar temporal.

ARCANJO ANAEL - 15 de julho de 2012 - AutresDimensions



Eu sou Anael, Arcanjo. Bem amados Filhos da Liberdade, venho a vocês acompanhado da Graça, acompanhado do que vocês São. Venho hoje, explicar-lhes, se isso pode se fazer por meio das palavras, os diferentes parâmetros que podem se manifestar no estágio atual de sua consciência.
Dando-lhes a viver um certo número de elementos, que talvez  possam encaminhá-los, de algum modo, a fim de permitir-lhes (pois isso é às vezes necessário, ainda, em meio a sua Dimensão) por em palavras o que é vivido. A fim de mostrar-lhes o caminho, de encaminhá-los, e de orientá-los. Nós vamos, mais especificamente, considerar a Passagem da Fusão à Dissolução.

A Fusão lhes é dada a viver a partir do instante em que vocês liberam, em vocês, as Forças do Amor, dando-lhes a Comungar, e em seguida, a Fusionar.  Isso pode se alcançar, como vocês o sabem, tanto com uma Estrela como com um ramo de erva. O que nos interessa preferencialmente, e que deve obter seu consentimento, é, antes de tudo, a nova capacidade que é oferecida a vocês, pelo pensamento, de se conectar a um outro humano.  A fim de viver, em vocês, os mecanismos de comunicação, indo bem além do que é denominada a comunicação verbal, a comunicação pela Radiação, a comunicação por um dos sentidos que lhes é conhecida. Esses mecanismos põem em operação (como vocês o sabem talvez, e como vocês o vivem talvez) os elementos conectados diretamente ao Antakarana, forrado de Partículas Adamantinas, chamado Canal Mariano.  A Onda da Vida, assim como a ativação dos diferentes centros de Energia, em vocês, permite atingir isso já desde um certo tempo.

Hoje, lhes é dado, de alguma forma, a aprofundar esses estados, vivê-los, fazer a experiência, para reproduzi-los, se possível, à vontade. A fim de poder, no momento vindo, viver a etapa Última da Dissolução, sem nenhuma dificuldade.

Amada e Divina MARIA - 17 de Julho de 2012 - AutresDimensions (com áudio)




Eu sou MARIA, Rainha dos Céus e da Terra.
Filhos bem amados, eu rendo Graças pelo seu acolhimento, aqui e por toda parte sobre esta Terra.
Eu venho, acompanhada do Arcanjo MIGUEL e do Arcanjo ANAEL, hoje, onde vocês estiverem sobre esta Terra, presentes neste corpo de carne, não somente para estar ainda mais Presente, mas, acompanhada de dois Arcanjos, a fim de permitir-lhes beneficiar-se do Fogo do Amor, a partir deste instante.
A fim de que muitos de vocês comecem a viver, nesta carne, esta transubstanciação que vai dar-lhes a viver, aí onde vocês estão, esse Fogo do Amor.
Conjunção do conjunto da Luz, em sua tríplice composição, do conjunto do Manto Azul da Graça, da Onda da Vida, permitindo a um número sempre maior de vocês, viver no Amor indizível da sua realidade.
Além desses componentes da Luz, além da Onda da Vida, além da Presença do Duplo, ou da minha Presença ao lado de vocês, além da abertura (do duplo batente) da Porta KI-RIS-TI.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...